Pages

sábado, 5 de agosto de 2017

Bandidos fazem reféns e explodem caixa eletrônico em Nísia Floresta, no RN

Uma ação criminosa assustou os moradores de Nísia Floresta, região metropolitana de Natal, na madrugada deste sábado (5). Uma quadrilha fortemente armada invadiu a cidade, disparou tiros em várias ruas e fez moradores reféns, enquanto explodia um caixa eletrônico. As informações são da Polícia Militar. O terminal pertence ao banco Bradesco.

Na fuga, os criminosos ainda trocaram tiros com militares do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope). Ninguém foi preso.

Segundo o tenente Moisés de Almeida, oficial de plantão no 3º Batalhão da PM, o crime aconteceu por volta das 2h30. Ainda é possível que o bando tenha atacado o cofre de uma agência dos Correios que fica no mesmo ponto comercial do caixa eletrônico. Parte do prédio desabou após a explosão.

De acordo com a PM, pelo menos três carros, entre eles uma caminhonete, foram usados pelos criminosos. A polícia não tem o número preciso de criminosos, que contavam com armas de grosso calibre, como fuzis.

"Quando chegaram na cidade, eles se espalharam em vários pontos do centro e ficaram atirando. Também pegaram algumas pessoas que estava bebendo e fizeram reféns. Elas tinham que ficar gritando que estavam sob o poder deles perto da Companhia da Polícia Militar, para os policiais não atirarem", disse o oficial.

Confronto

Ao fugir, a quadrilha deixou grampos de ferro na estrada, para evitar perseguição. Duas bananas de dinamite não deflagradas foram encontradas no local da explosão.

O Bope chegou ao município minutos após a fuga dos criminosos e iniciou uma busca na região. Parte do bando foi encontrado em um matagal no bairro de Cajupiranga, já em Parnamirim, também na Grande Natal.

Segundo o tenente Rafael Dias, oficial do batalhão, houve confronto. Na troca de tiros, os carros de polícia foram alvejados. Nenhum militar se feriu. Os bandidos conseguiram fugir de carro.

Segundo a PM, o Corpo de Bombeiros foi acionado para avaliar a estrutura do prédio. A Polícia Civil vai investigar a explosão do caixa eletrônico. Já o caso da agência dos Correios será apurada pela Polícia Federal.

G1/RN FOTOS: PORTAL N10

Nenhum comentário: