Pages

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Na busca do fortalecimento da gestão pública, o Centro Administrativo do Estado recebe reforma e revitalização

Construído e inaugurado entre os anos de 1971 e 1975, durante a gestão do governador Cortez Pereira, com o intuito de reunir todo o poder executivo do RN em um só lugar, o Centro Administrativo do Estado, localizado entre os bairros de Lagoa Nova e Candelária que engloba atualmente 11 prédios, com diversos órgãos da administração direta e indireta há muito necessitava de reformas.

Diante desta realidade, com a estrutura antiga muito desgastada, não atendendo às necessidades atuais e na busca do fortalecimento da gestão pública, o Governo do RN – por meio do Acordo de Empréstimo com o Banco mundial –, está reformando o Centro Administrativo do RN com mudanças que vão desde a revitalização das fachadas à construção de novos acessos, passando pela drenagem e pavimentação em toda a sua extensão.

“Todas essas mudanças vêm a partir da busca por segurança e melhorias no ambiente de trabalho de todos os servidores, e para melhor receber a população que precisa de nossos serviços. Para tanto, ainda está sendo construído um novo prédio da Guarda Patrimonial que será transformado em anexo da Governadoria (Gabinete Civil). Neste, será contemplado uma nova estrutura de arquivo, almoxarifado, refeitório de funcionários, restaurante, cozinha, sala do prefeito, estrutura da Guarda Patrimonial (dormitório, banheiros e depósito) e estacionamento”, detalhou o secretário da Sethas e Coordenador do Governo Cidadão, Vagner Araújo.

Os acessos ao centro, que já estão 90% concluídos, localizados na BR-101 – entregue nesta segunda-feira (22) – e à Rua Raimundo Chaves, incluem guarita com controle de pessoas e veículos. A revitalização foi necessária, uma vez que os acessos já eram considerados vulneráveis, tendo controle de acesso somente via BR-101, apesar de deteriorado.

“Com essa obra, o Centro Administrativo se tornará mais seguro, já que o Estado proporcionará melhores condições de trabalho para quem faz a segurança”, ratificou Vagner, destacando que ainda estão sendo feitas obras de infraestrutura, com drenagem e pavimentação de todo centro administrativo e, em breve, será instalada nova iluminação.


[PAPÓDROMO]

Dentro da reestruturação do Centro Administrativo está previsto o projeto de recuperação do Papódromo para transformação num Centro Cultural para melhor aproveitamento do espaço a ser ofertado aos potiguares, recuperando e ampliando toda sua cobertura, transformando- o numa espécie de concha acústica.

Após a assinatura da ordem de serviço, o prazo para a finalização desta obra – que também é a partir do Acordo de Empréstimo com o Banco Mundial – é de seis meses.

Nenhum comentário: