Pages

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Bandidos explodem a agência dos Correios do município de Nova Palmeira-PB

Um grupo de criminosos explodiu uma agência dos Correios de Nova Palmeira, cidade localizada no Seridó paraibano, a 250 km de João Pessoa, às 3h30 da madrugada desta terça-feira (30). 

Os homens chegaram numa caminhonete e efetuaram quatro grandes explosões, seguido de vários tiros de grosso calibre, durante aproximadamente 15 minutos. O tiroteio fez com que parte da população acordasse. 

Duas moradoras de Nova Palmeira informaram como aconteceu o assalto a agência dos Correios na madrugada desta terça-feira (30), em Nova Palmeira.

A primeira a relatar o caso, disse como tudo ocorreu. “Eu escutei desde o começo. Quando acordei para ir ao banheiro ouvi um tiro e, em seguida, um barulho de uma moto bem silenciosa e um carro bem distante. Quis acordar meu marido, mas achei melhor não, pois achei que fosse um policial. Só que instantes depois ouvi uma voz gritando: ‘É os ladrão, é os ladrão (sic), ninguém abra as portas’. Logo depois foi só tiroteio nas ruas Aprígio Clementino e Francisco Bezerra de Medeiros (rua dos Correios), que foram as mais atingidas. Os estilhaços de balas caíam sobre o telhado da minha casa. A residência do meu vizinho ficou com um rombo grande causado por uma projetil. Foi um verdadeiro terror que não quero mais passar. Eu me achava uma refém dentro de minha própria casa, mesmo não estando em poder dos assaltantes”.

Já a segunda a falar sobre o assunto, também contou o fato detalhadamente ao Blog NP. “Primeiramente escutei vozes de pessoas e achei que não fosse nada demais. Meu marido estava na sala assistindo TV, pois tinha perdido o sono, quando começou o terror. Depois de vários tiros em sequência, o tiroteio diminuiu. Foi quando achei que tivesse parado, abri a porta e um deles aponta a arma pra mim, dizendo ‘Dona, dona!!! Entra, entra!!!’, bem bravo. ‘Somos bandidos, estamos em assalto, entra, entra!!!’ Nisso, empurro o portão e me tranco no quarto, chorando aos prantos, com medo deles invadirem minha casa, pois tinha deixado o portão apenas escorado. Depois que me viram, aí foi que os tiros começaram ainda com mais intensidade, que estrondava, sempre com um falando para não sair de suas casas. Foi uma cena horrível!! A delegacia foi cercada, assim como as entradas das ruas. Nova Palmeira nunca vai mais esquecer este dia”, contou. 

Fonte: Blog Nova Palmeira

Nenhum comentário: