Pages

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

GLOMUS: Concerto de abertura superlota auditório de cultura e etnias musicais

unnamed2Programação continua hoje com jam session no Solar Bela Vista

As estimativas da organização do Glomus 2017 foram superadas com um auditório do hotel Holiday Inn superlotado para o concerto de abertura do evento, na noite de ontem (11). Mesmo após dobrar o número de assentos antes combinado, o espaço foi insuficiente para receber toda a demanda e só quem chegou mais cedo pode ocupar as 1200 cadeiras disponíveis.

“Essa procura comprova o anseio do natalense por boa música, bons espetáculos. É um potencial a ser explorado por produtores, por empresários e, claro, pelo artista. Se a população tem certeza que irá assistir algo qualificado, ela comparece. E a UFRN tem mantido seu compromisso na oferta de cultura de alto nível para o Estado”, atesta o coordenador do Glomus 2017 e responsável pelas relações internacionais da UFRN, Fábio Presgrave.

O concerto teve início às 20h30 com apresentação da peça musical composta por professores de nove nacionalidades e alunos de ONG’s de Natal e da Orquestra de Cordas de Luís Gomes, durante três dias intensos na sede da ONG Atitude Cooperação. Um misto de música medieval finlandesa com afoxé brasileiro e côco de zambê tipicamente potiguar, mesclado com números de dança e capoeira.

Na sequência, a Orquestra Sinfônica da UFRN abriu sua temporada de concertos com execução do Choro nº 6 do compositor Heitor Villa-Lobos, regida pelo maestro André Muniz durante 25 minutos, para uma plateia atenta e homogênea, composta por adultos, idosos e crianças, além de tantas etnias e raças unidas em torno da música. A noite foi finalizada com apresentação da Big Band do Jerimum Jazz.

A programação continua hoje e pela próxima semana, toda gratuita. O Solar Bela Vista (na subida da Av. Câmara Cascudo, 417, em frente à Capitania das Artes, Cidade Alta) será o palco da vez, às 20h30, com jam session de músicos oriundos de vários países. Além de música, também vai ter improvisações de dança e aberto à participação de artistas não convidados do Glomus.

O GLOMUS: A Global Music Network (Glomus) é uma rede internacional fundada por três academias nórdicas de ensino superior em música, teatro e dança. A cada dois anos é realizada, de forma itinerante, um encontro onde universidades estabelecem comunicação através da arte. A UFRN foi a única instituição sulamericana a conquistar espaço junto à Glomus. Isso graças à infraestrutura e à produção musical voltada a projetos sociais desenvolvidos pela Universidade. Para o evento em Natal vieram quase 200 músicos de 29 países dos cinco continentes.

Nenhum comentário: