Pages

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Ezequiel reafirma sua defesa pela prorrogação de dívidas para os produtores que perderam os ativos produtivos

O deputado Ezequiel Ferreira de Souza, presidente da Assembleia Legislativa defende a renegociação das dívidas dos produtores rurais do Rio Grande do Norte. O parlamentar preside o Comitê de Ações de Combate à Seca, integra a Frente Parlamentar de Incentivo ao Setor Produtivo Rural e também a Frente Parlamentar da Água, que juntos debatem no Poder Legislativo potiguar alternativas para convivência com a seca.
 “A Assembleia se coloca ao lado do setor produtivo e defende a prorrogação de dívidas para os produtores que perderam os ativos produtivos. Esta Casa também dará o apoio necessário ao setor primário do nosso Estado, setor este que tem demonstrado luta e determinação para enfrentar as adversidades encontradas”, afirmou Ezequiel Ferreira.
 Sobre os próximos passos, o deputado prioriza a situação dos produtores rurais. O foco é a última reunião do Conselho Monetário Nacional, prevista para acontecer nesta quinta-feira (17), em Brasília, já que a proposta para prorrogação das dívidas obtidas pelos trabalhadores rurais poderá ser apreciada.

“Nossa meta é intermediar o diálogo entre os produtores e instituições financeiras para a recuperação de crédito e regularização das dívidas permitindo novos créditos. Estamos unidos na questão do endividamento rural e no combate à seca. Temos atuado assim em 2015 e será assim até que as ações efetivas sejam implantas no semiárido nordestino”, enfatiza Ezequiel Ferreira.
 Hoje, dos 167 municípios do Estado, 153 estão em estado de calamidade pública por causa da seca, 20 cidades estão passando por rodízio no abastecimento de água e nove estão em colapso - com o abastecimento completamente suspenso por parte da Companhia de Águas Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern).

Nenhum comentário: