Pages

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Pela 18ª vez consecutiva, Agripino é eleito um dos “Cabeças do Congresso”

Pela 18ª vez consecutiva, o presidente nacional do Democratas, José Agripino (RN), foi eleito um dos cem parlamentares mais influentes do Congresso, segundo pesquisa divulgada nesta quarta-feira (3) pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap). O estudo, também conhecido como “Cabeças do Congresso”, é realizado todos os anos e levou  em conta parlamentares no exercício do mandato entre fevereiro e julho de 2016.

José Agripino se destacou, mais uma vez, na categoria debatedor. São quase vinte anos sendo indicado consecutivamente um dos parlamentares mais influentes. Do Democratas, também foram escolhidos o líder do partido no Senado, Ronaldo Caiado (GO), e os deputados Efraim Filho (PB), José Carlos Aleluia (BA), Onyx Lorenzoni (RS) e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (RJ). 

Segundo o Diap, os “Cabeças” do Congresso Nacional referem-se a parlamentares que conseguem se diferenciar por características como: ser protagonista do processo legislativo; ter capacidade de conduzir debates, negociações, votações, articulações e formulações, entre outros. “É o parlamentar que, isoladamente ou em conjunto com outras forças, é capaz de criar seu papel e o contexto para desempenhá-lo”, diz a pesquisa.

Do Rio Grande do Norte, além de Agripino, também foi apontada como um dos “Cabeças do Congresso” a senadora Fátima Bezerra (PT).

Nenhum comentário: