Pages

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Primeira etapa da campanha Tijolo Legal fiscaliza 38 empresas

downloadO Sindicato das Indústrias de Cerâmica Vermelha para Construção do Estado do Rio Grande do Norte (Sindicer-RN) participou, na manhã desta quinta-feira (27), de uma reunião com os representantes do Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte (Ipem-RN), da Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (Fiern) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) para um balanço da primeira etapa da campanha Tijolo Legal. A reunião aconteceu no Ipem-RN.

A primeira etapa de fiscalização da campanha foi realizada entre os dias 06 e 27 de outubro, com o objetivo de estabelecer as condições dos componentes cerâmicos para alvenaria a serem comercializados, bem como a metodologia para a determinação da dimensão efetiva dos mesmos, visando à prevenção de práticas enganosas de comércio.

A fiscalização do Ipem/RN elaborou uma reciclagem técnica para a operação. Nos meses de junho e julho, o Sindicer-RN realizou uma conscientização com a finalidade de orientar as indústrias de cerâmicas a realizarem ensaios técnicos com os seus produtos para que os revendedores e distribuidores tenham a garantia de que estão vendendo tijolos certificados.

A economia chega a ser de 14% para o consumidor que compra tijolos e telhas de acordo com os padrões específicos exigidos pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), e as portarias do INMETRO nº 558/2013 para blocos cerâmicos (tijolos) e nº 005/2013 (telhas).

A primeira fase da campanha objetivava visitar 40 estabelecimentos. Durante a operação, foi possível fiscalizar 28 comércios e 9 cerâmicas, sendo autuados 22 comércios e 5 cerâmicas.

Segundo o presidente do Sindicer-RN, Vargas Soliz Pessoa, o Ipem assumiu um grande desafio e executou a operação com excelência. “Nós estamos muito satisfeitos com a primeira etapa da campanha e logo planejaremos as próximas etapas, de modo a difundir a importância de se passar ao consumidor um produto de qualidade”, comenta.

Para o diretor do Ipem-RN, Cyrus Benavides, a fiscalização dos tijolos é de grande importância para assegurar um produto de qualidade. “A campanha foi de grande importância e me entusiasma observar o engajamento de todo a equipe. Espero que essa seja a primeira de muitas parcerias entre o sindicato e o Ipem”. Além disso, o diretor também elogiou a contribuição do Senai para a operação. “Agradecemos pela

participação do Senai, que contribui fornecendo capacitações para os fiscais do Ipem”, finaliza.

Além do presidente do Sindicer, Vargas Soliz Pessoa, e do diretor do Ipem-RN, Cyrus Benavides, também estavam presentes na reunião Socorro Freitas, ouvidora do Ipem-RN; Anne Catherine, chefe da qualidade do Ipem-RN; Marcos de Oliveira, chefe operacional; Angelina Araújo, agente fiscalizadora do Ipem-RN e Glória Navarro, gestora de construção civil do Senai.

Nenhum comentário: