Pages

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Folha de SP publica resposta de Rogério Marinho a colunista: "PT não se preocupa com trabalhador"

Rogério Marinho (3)O duro discurso feito pelo deputado federal Rogério Marinho (PSDB), ainda na comissão do impeachment na Câmara, continua rendendo polêmica. Alvo de críticas por parte do colunista Contardo Calligaris, da Folha de São Paulo, o tucano teve nesta sexta-feira (06) o seu segundo direito de resposta publicado pelo veículo. No texto, o parlamentar diz que os partidos de esquerda, como o PT, não se "importam com os trabalhadores".

Ainda de acordo com Rogério, "esquerdistas não estão nem aí para o 'proletariado', pouco se importam com trabalhadores. O mais desinformado dos homens já sabe disso perfeitamente, basta ver a realidade".

Para o deputado, "no Brasil isto é claro e cristalino, ou o senhor Calligaris acha que o PT é realmente o partido protetor dos trabalhadores? O proletariado no marxismo é apenas uma coisa, um instrumento. É preciso estudar história. Há 50 anos a esquerda destroça Cuba. Há muito mais de 50 anos dominou parte da Europa e da Ásia matando milhões de pessoas".

Em Cuba, relembra Rogério, homossexuais já foram perseguidos e assassinados por suas preferências sexuais, assim como na antiga URSS. Mas, "hoje, paradoxalmente, a ideologia de gênero é parte integrante da estratégia de esquerda para fragilizar os valores sociais no ocidente". 

Presidente do PSDB no Rio Grande do Norte, Rogério Marinho reafirma sua luta "contra a imposição covarde de valores ideológicos esdrúxulos feita nas escolas, nos livros didáticos e em todos os meios possíveis. Respeito os indivíduos, a família e a cultura do meu país. Quero a espontaneidade da cultura nacional e nunca a imposição de hegemonias".

Confira o texto na íntegra: http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2016/05/1768131-replica-de-colunista-faz-defesa-da-hegemonia-da-libertinagem.shtml.

Foto: Alexssandro Loyola

Nenhum comentário: