Pages

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Presidente da FEMURN cobra reabertura de agências bancárias no interior do Estado

Durante audiência pública realizada na manhã desta sexta-feira (12), na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, o Presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte – FEMURN – Benes Leocádio cobrou a reabertura de agências bancárias que foram fechadas no interior do Estado após atentados de bandidos. A audiência foi proposta pelo deputado estadual Hermano Morais (PMDB), e contou com a presença de políticos, autoridades da segurança pública e representantes das agências bancárias e dos Correios.

De acordo com o Benes, a intenção da Federação é somar esforços: “As prefeituras têm limitações condicionais e financeiras. Mas não podemos nos negar em um momento delicado como este, a nos colocarmos a disposição para somarmos esforços”, afirmou. Os comércios dos municípios em que os bancos sofrem ataques ficam penalizados, afetando a economia local, já que os moradores precisam viajar para receber dinheiro e acabam realizando compras em outras cidades.


Benes também criticou a falta de efetivo da segurança pública no Estado, e cobrou o auxílio das instituições financeiras na segurança dos bancos, como forma de parar as ações criminosas: “Infelizmente, o interior é muito desamparado. Em Lajes, por exemplo, temos dois policiais de serviço. É impossível para eles sair e enfrentar 10, 20 ou 30 bandidos fortemente armados. Até que ocorra o aumento do efetivo, pedimos para as instituições financeiras, que têm a concessão pública, ações que colaborem com a segurança dos municípios, como vigilância armada, por exemplo.” sugeriu.

Ainda de acordo com o Presidente da Federação, a reativação das agências e a realização de ações que promovam segurança é importante para a economia dos municípios: “Precisamos achar uma solução, sob pena de ver comércio fechando as portas. Acho que é a hora de nos juntarmos, darmos as mãos e dizermos: uma coisa precisa ser feita e urgente”, considerou.  Os prefeitos de Dix-Sept Rosado, Antônio Freire, de João Câmara, Maurício Caetano, de Cruzeta, Sally de Araújo, de Lajes, José Marques Fernandes, e de Baraúnas, Lúcia Nascimento, também estiveram na audiência.

Em abril, FEMURN já havia solicitado mais segurança nos municípios

No último mês de abril, a FEMURN se reuniu com a Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesed) para solicitar mais segurança pública nos municípios potiguares. Uma comitiva de prefeitos relatou ao então secretário, Caio Bezerra, o temor da população e as dificuldades de ordem financeira que os municípios têm enfrentado com os arrombamentos em agências bancárias. Este ano, mais de 30 municípios já sofreram explosões bancárias.

Nenhum comentário: