Pages

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Beto Rosado consegue liberação de pagamentos do Minha Casa, Minha Vida

As reuniões que o deputado federal Beto Rosado (PP) teve com a equipe responsável pela gestão do programa Minha Casa, Minha Vida, na Caixa Econômica Federal e no Banco do Brasil deram resultado. Ele foi resolver um problema que tem afetado o setor imobiliário de Mossoró, em crise pela não liberação dos repasses do financiamento do programa federal.

Em Mossoró, o programa Minha Casa Minha Vida financia imóveis de até R$ 170 mil nas faixas 2, para quem tem remuneração mensal de até R$ 3.600, e 3, para quem recebe até 6.500. De acordo com o representante da categoria dos corretores de imóveis, Igor Araújo, em três meses de atraso, o valor devido aos vendedores pelo financiamento de imóveis chega a R$ 50 milhões.

No Banco do Brasil, os técnicos afirmaram que o atraso foi motivado por um remanejamento de recursos do Fundo Gestor, sob responsabilidade do Ministério das Cidades, para os estados do Rio Grande do Norte, da Paraíba e do Goiás. Eles esperam liquidar todos os pagamentos até o final da semana.

Outros itens da pauta foram as diferenças dos regimes de contratação permitidas para os imóveis vendidos em Mossoró, em relação a outras cidades de mesmo porte.  “Em Mossoró, não é possível adquirir financiamento para compra de imóvel individual, terreno e construção por etapa, ou nas hipóteses em que o vendedor é pessoa física”, explicou o corretor Igor Araújo, que acompanhou Beto Rosado nas reuniões. O tema vai ser verificado junto à superintendência regional.

Nenhum comentário: