Pages

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Mercado reconhece importância de Henrique Eduardo Alves para reduzir Imposto de Renda

07.06.2016 Panrotas redução IRApós aprovação da Comissão Mista da Medida Provisória 713/16, que reduz de 25% para 6% a alíquota que incide sobre pagamentos ao exterior de agências e operadoras de viagem, líderes do turismo agradeceram publicamente o trabalho do ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves. O texto segue agora para a aprovação da Câmara e do Sendo.

“Houve um empenho muito grande do ministro do Turismo, Henrique Alves, que conversou com o senador relator da MP e com outros parlamentares para garantirmos essa boa notícia”, disse um dos principais articuladores para a aprovação da MP Marco Ferraz, presidente da Clia Abremar, entidade que congrega as empresas que operam cruzeiros marítimos no Brasil.

Matéria jornalística de um dos principais veículos especializados em turismo do país também destacou a atuação do ministro do Turismo. “Rápida, a votação não teve pareceres contrários, mas exigiu muita articulação política, uma vez que três das emendas apresentadas ao texto foram excluídas do relatório, ainda na manhã de hoje”, afirmou a versão on-line do Panrotas.

De acordo com estudo realizado pelas entidades representativas das empresas do setor, caso a alíquota seja mantida em 25% como no início deste ano, o Brasil poderá perder 185 mil postos de trabalho com o fechamento ou encolhimento de agências e operadoras de viagem. 

Nenhum comentário: