Pages

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Rogério Marinho defende aprovação de projeto de José Serra que melhora gestão do Pré-Sal

Rogério na Comissão do Pré-Sal com Serra (2)O projeto apresentado pelo então senador e atual ministro das Relações Exteriores José Serra (PSDB), que muda as regras de exploração e melhora a gestão do pré-sal, foi defendido pelo deputado federal Rogério Marinho (PSDB) nesta terça-feira (07), durante sessão da Comissão Especial destinada a análise da matéria. A reunião contou com a participação de Serra.

Em seu discurso, Rogério disse que é uma questão de “bom senso” a aprovação da proposta. “O PT quebrou a Petrobras, não há capacidade para fazer a prospecção do petróleo, o refino e a distribuição”, disse o tucano, relembrando a administração do PT na maior estatal brasileira. Durante os 13 anos de governo Lula/Dilma, a Petrobras acumulou bilhões em prejuízo e teve seu valor de mercado reduzido pela metade.

“A Petrobras não está à altura que o estado brasileiro lhe impõe, de não apenas buscar a autossuficiência como de comercializar nossos excedentes. No RN, inclusive, há uma redução dramática dos investimentos, perdemos quase 20 mil empregos e cerca de 80% das sondas de prospecção terrestre estão sendo paralisadas. Me parece uma questão de bom senso”, disse Rogério ao ministro José Serra e aos demais membros do colegiado.

O projeto apresentado por José Serra e já aprovado no Senado libera a Petrobras da função de operadora única do pré-sal. O objetivo da matéria é retirar da estatal o ônus do investimento em áreas onde não teria interesse e combater a perda de empregos, que é crescente no setor petrolífero.

Nenhum comentário: