Pages

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Governador abre reunião do Conselho de Desenvolvimento Metropolitano e anuncia projeto de construção da terceira ponte

Reunião Conselho Desenvolvimento Metropolitano_Demis Roussos (7)O governador Robinson Faria participou na manhã de hoje (26) da segunda reunião do Conselho de Desenvolvimento Metropolitano do RN, na Escola de Governo, que envolve 12 municípios do Estado e foi retomado nesse Governo após quase cinco anos paralisado. Na ocasião Robinson Faria aproveitou para falar sobre as ações de Governo que dizem respeito a toda Região Metropolitana e anunciou que a terceira ponte sobre o Rio Potengi consta nos projetos oficiais do Governo do Estado: “Estivemos em Brasília semana passada e conseguimos numa negociação com o Banco Mundial redirecionar algumas obras, e isso possibilitou a inclusão do projeto da terceira ponte”, disse o governador.

As discussões dessa segunda reunião giraram em torno de mobilidade urbana; mas também foram debatidos temas sobre saúde – especificamente saneamento - e segurança pública. Robinson Faria fez questão de lembrar aos participantes, entre prefeitos, assessores e técnicos que o Conselho oferece, na prática, a oportunidade de unir esforços numa política pública de Estado e não de governos.

Em seu discurso, Robinson Faria pontuou os avanços da atual gestão, dando ênfase à obra de saneamento básico de Natal, cujo término prevê que a cidade seja 100% saneada; os acessos ao Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, como por exemplo a abertura hoje do Viaduto no acesso norte e as obras do acesso sul. Sobre as obras de acesso, o governador deu a palavra ao diretor presidente do DER, general Fraxe, que fez uma explanação técnica, mostrando uma foto aérea do viaduto, e também conclamando a todas as Prefeituras beneficiadas com aquela obra (Natal, Macaíba e São Gonçalo do Amarante) para ser feito um grande projeto paisagístico após seu término.

Diversos prefeitos falaram durante a reunião do Conselho, a maioria para falar sobre os problemas envolvendo suas cidades e a possibilidade de serem encontradas soluções coletivas e pensadas a partir do conceito de região metropolitana. “O Governo do estado está empenhado em coordenar esse grupo e integrar as propostas com responsabilidade e diálogo”, garantiu Robinson.

Nenhum comentário: