Pages

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Agripino propõe pacto entre senadores nordestinos na luta por alocação de recursos para a transposição do rio São Francisco

Senador participou de debate na CI, que contou com a presença do governador Robinson Faria

Preocupado com uma das mais graves secas do Nordeste, o senador José Agripino (RN) propôs que senadores nordestinos se unam a fim de dar suporte político no Congresso Nacional para que o governo federal consiga realizar a transposição do Rio São Francisco. “A transposição passou a ser um sinal de alerta como única solução para a questão da seca. Agora, é preciso dinheiro. Sem ele, não vamos sair do lugar. Por isso, proponho um pacto entre os senadores do Nordeste para que, juntos, possamos dar o suporte político e lutarmos por alocação de recursos no orçamento para essa obra, de importância crucial para nossa região”, disse.

O apelo do senador foi feito durante sessão da Comissão de Infraestrutura (CI) do Senado com o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho. Também participaram do debate sobre a transposição o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, e o presidente da Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern), Marcelo Toscano. “Nós, de diversos partidos, temos que nos unir e darmos suporte político para que o dinheiro que falta possa chegar às mãos do ministro da Integração e essa obra seja realizada. Acima das diferenças partidárias, precisamos fazer esse acordo. Temos que colocar a transposição como questão do Congresso, de prioridade nacional”, frisou o parlamentar potiguar.

Além do debate na Comissão de Infraestrutura, José Agripino participou, nesta terça-feira (29), de outra reunião com o presidente Michel Temer, o ministro Helder Barbalho e outros senadores para tratar da seca. O parlamentar voltou a dizer que a situação no Rio Grande do Norte é preocupante. “É o quinto ano de seca. A maior catástrofe que eu já vi na minha vida. Se não chover, o que vamos ver nos estados do Nordeste é a falta completa de água. Em Caicó, a água está sendo transportada de Natal, em carro-pipa”, contou. A transposição colocou luz na questão da seca porque é a única que temos”, conclui Agripino.

Segundo o senador do RN, a luta dos parlamentares nordestinos será para que a obra da transposição seja concluída até dezembro do próximo

Nenhum comentário: